Tatiane ‘Feiticeira’, musa da Grande Rio

Envie para um amigo

Tatiane Oliveira de Souza, a ‘Feiticeira’ da Grande Rio, conta tudo que você sempre quis saber com muita beleza e simpatia. A morena que já desfila na Grande Rio há mais de 10 anos revela as curiosidades e desafios que cercam o mundo das passistas no carnaval carioca. Nascida em Caxias, no dia 30 de maio de 1983, Tatiane Feiticeira agora desfila como Musa da Escola. Confira a entrevista na íntegra:

Você já desfilou em outras Agremiações ou começou na Grande Rio?
A primeira e única Escola foi a Grande Rio.

E como começou sua história na Grande Rio?
Eu tinha uma tia, que já é falecida , ela fazia parte da ala dos compositores, quando ela ia na minha casa sempre pedia pra me levar ao samba, mas meu pai era aquele pai rígido e nunca me deixava ir, ele falava ‘não vou deixar minha filha ir, ela vai se perder’ e minha tinha dizia ‘eu sou sua irmã, pode deixar a menina ir comigo’ então um dia ele deixou, eu comecei a freqüentar e participei do concurso pra entrar pro quadro de passistas da Escola, no primeiro ano eu não consegui, fiquei super decepcionada, quando o desfile passou na televisão eu chorava não queria nem ver. No ano seguinte eu fui novamente pro concurso e na semi-final o Jayder apareceu na quadra, e eu pensei ‘Agora que eu não consigo mesmo’ porque tinham meninas muito bonitas participando também. Quando o Jayder me viu ele perguntou quem eu era pro Perácio, se eu era passista, e ele disse que eu era participante do concurso e o Jayder disse ‘Não, ela não vai fazer parte do concurso ela já é passista da grande Rio!’ então eu entrei pro quadro de passistas e também para a parte do Grupo Show, que são 12 meninas que fazem shows durante todo o ano, viagens. Fiquei 2009 desfilando como passista, em 2010 vim como Rainha das passistas e no ano passado saí como musa.

O que uma passista representa em uma Escola?
Passista, dizem que é o chão da Escola, e chão é samba no pé! Passista representa isso, o coração é a bateria e as passistas representam o samba no pé do sambista.

Durante os ensaios e os shows que você faz você recebe muito assédio?
Muito! Muitas propostas indecentes, muitas.

Em ensaio fotográfico para o site Sambarazzo, Feiticeira esbanja sua beleza

De todos esses eventos que você fez na Grande Rio, qual foi o mais inusitado?
O mais engraçado foi na antiga boate Meli Melô, um cara quando me viu entrando no palco começou a jogar dólar em cima de mim,mas muito, e nós não vamos abaixar pra pegar o dinheiro, e os ritmistas da baterias pararam de tocar e foram correndo catar o dinheiro. Eu saí sem um dólar mas foi muito engraçado.

Como é este concurso de passistas que acontece na Quadra da Escola?
Todo ano entram várias, as meninas do Grupo Show quase todo ano mudam, o ano passado saíram 8 meninas e entraram 8, através deste concurso que acontece na quadra, e que inclusive eu faço parte do corpo de jurados.

No início deste ano, você participou da ida da Grande Rio à casa do Big Brother Brasil, como foi esta participação no programa?
Foi muito bom, a gente não pode interagir com eles, só através do corpo e da dança, mas falar com o participante não pode, mas eles falaram coisas normais como ‘lindas’ maravilhosas’.

Você já deu entrevista pra revista Playboy, como foi essa experiência?
Quando a Grazi Massafera foi Rainha de Bateria da Grande Rio, o Jayder me chamou para eu dar aula de samba pra ela, e então eu me tornei a primeira personal samba do carnaval. Depois disso eu recebi muitos convites pra fazer fotos, dar entrevistas e etc. Então a Playboy entrou em contato comigo para eu fazer uma foto semi nua e foi super bacana, dei uma entrevista super maneira. E por eu ter sido a primeira personal samba do carnaval eu recebi muitos convites, e por isso eu participei da Playboy.

Feiticeira, além da Grazi quem mais recebeu aula de samba com você?
Além da Grazi, teve a Ana Hickmann, e várias outras, ano passado a Ana Furtado e esse ano de novo. Mas é muito difícil não dá pra conciliar meu trabalho aqui na Grande Rio com essa função.

Você também participou do concurso de Musa do Caldeirão do Huck, como foi sua participação lá?
Eu fui pra representar a Grande Rio no concurso. A Grande Rio já tinha ganhado o concurso com a Silvana e eu infelizmente não ganhei na vez que participei, mas foi maravilhoso participar, foi muito bom.

Dentro do meio das passistas também rola muita disputa de Ego?
Rola, rola muito. Já tive vários problemas, mas nada que não pudesse ser resolvido e chega uma época que você não se vê dentro daquele quadro, se você sobe um pouquinho você já não presta. Rola disputa sim. É uma querendo botar a sandália mais bonita que a outra, é uma querendo botar o cabelo mais bonito que a outra, se uma coloca o infante curto a outra bota até o chão pra afrontar. Mas isso é normal não é, faz parte do ego da mulher.

Por que o apelido de ‘Feiticeira’?
Quando eu falei do cara que começou a jogar dólar em cima de mim no palco, é porque todo show que eu ia sempre tinha um ou dez que ficavam encantados comigo e me seguiam até o estacionamento. Jogadores de futebol já me seguiram até o estacionamento pra querer falar comigo. Aquele cantor americano Já Rule também, como eu não falo inglês ele já botou um tradutor atrás de mim falando um monte de promessas, eu indo embora ele pegou minha bolsa de fantasia e foi levando pro estacionamento querendo que eu fosse com ele. E por isso as pessoas sempre dizem ‘você fica enfeitiçando as pessoas’, então o Perácio, a Rosangela Presidente da ala também começou a chamar e apelido quando pega é difícil tirar. Mas é uma feiticeira do bem. Muitas pessoas nem sabem o meu nome, só o meu apelido.

Mas você sabe fazer algum feitiço especial?
Opa! O feitiço é o carisma, a humildade. Eu acho que o maior feitiço de todo ser humano é isso, a simplicidade.

O que você faz pra manter esse corpão?
Eu não faço nada, como de tudo, todo muito refrigerante, não tenho nenhuma dieta, não malho, como rabada, como angu. Às vezes eu tomo remédio pra engordar e minha mãe manda eu parar.

Seus pais lhe apóiam no trabalho que você faz na Grande Rio?
Todo mundo que me conhece sabe que eu sou do samba, e antes mesmo de entrar no samba eu já era assediada pelo corpinho que é direitinho e tal. Minha mãe e um pai até gostam, ficam orgulhosos. Mas existe pessoas e pessoas, às vezes alguns mandam umas cantadas desrespeitosas que se meu pai ou meu namorado estiver perto pode dar algum problema. Mas quando é ‘linda’, ‘princesa’, eles gostam, acham legal.

Muitos dizem que a Grande Rio valoriza muito os artistas, mais até que a comunidade. Você que é da comunidade, o que têm a dizer sobre isto?
Eu sou uma pessoa normal, você é uma pessoa normal e nós moramos em um lugar normal que é Caxias, eu subindo em um palco não vai causar tanto efeito quanto uma pessoa famosa. E só a Grande Rio proporciona isso pra comunidade, isso é uma maneira de mimar a comunidade, de agradar a comunidade, todo mundo gosta e vai pra ver os artistas, isso é uma prova de amor com a comunidade, pois o Jayder sempre leva os artistas para que o povo possa vê-lo, possa chegar perto do seu ídolo. Eu sou da comunidade e tenho muito valor, as pessoas que falam isso não conhece a Grande Rio, se conhecesse não falariam isso, a Grande Rio da muito valor a comunidade e todos nós somos muitos felizes em fazer parte da Grande Rio.

Fora da Grande Rio o que você mais gosta de fazer?
O que eu mais gosto de fazer é arrumar minha casa e fazer comida.

Qual a sua expectativa para o desfile do ano que vem?
Com certeza, será superação. o que passou, passou e nós devemos tirar proveito de tudo isso. Com certeza vai ser um carnaval emocionante, eu acredito que esse ano a gente chega lá, nenhuma escola passaria por tudo que nós passamos e teriam essa vontade toda de fazer o carnaval que apresentamos na Avenida, que pra mim poderia ter ido pra disputa. É o que o Cahê dia, a gente não vai mostrar a desgraça da grande Rio, vamos mostrar o q temos de melhor, força, garra e união, superação foi um enredo magnífico e perfeito para o próximo ano.

Redação: Renan Calabri/ Yuri Soares

Tatiane ‘Feiticeira’ e os passistas da Grande Rio dentro da casa mais famosa do Brasil, no BBB.
Em 2003, Feiticeira e as passistas da Grande Rio ao lado do Presidente de honra Jayder Soares no ensaio show da Grande Rio no Clube Monte Líbano.
Ao lado do Rei Roberto Carlos, Tatiane Feiticeira posa para a foto reportagem da revista Quem, no Reveillon 2005.
Dentro do Projac, na Rede Globo. Tatiane Feiticeira participou do concurso de Musa do Caldeirão do Hulck em 2007.
Foto para a campanha publicitária do enredo de 2004, ‘Vamos vestir a camisinha, meu amor!’.
Grazzi Massafera tendo aula com a Personal Samba, Tatiane ‘Feiticeira’ em 2007.
Em entrevista para Rede Record, Feiticeira e as passistas da Grande Rio sambam ao lado de Ana Hickmann
Em 2001, as passistas da Grande Rio fazem show na casa de shows Olimpo, na Vila da Penha.
Ainda em 2000, Feiticeira posa para foto ao lado do Diretor Perácio, na antiga Quadra da Grande Rio.

Deixe um Comentário

Nome

E-mail

URL/Website

4 Comentários em “Tatiane ‘Feiticeira’, musa da Grande Rio”

Comentário de RAYANE MARIA ALVES
Na data: 15 de setembro de 2011 as 5:13 am

VIZINHA MARAVILHOSA DEUS TE ABENÇOE BEIJOS….

Comentário de luciano
Na data: 27 de novembro de 2011 as 9:10 pm

valeu taty eu sou amigos do seu pai

Comentário de JOSÉ DAVID DAYE
Na data: 28 de novembro de 2011 as 10:16 pm

TATIANE,MUITO SUCESSO E MUITA PERSEVERANÇA!!!!!!! SAMBA NO PÉ É O QUE TODAS AS PASSISTAS E OS PASSISTAS GOSTAM E PREGAM. CONTINUE SEMPRE ASSIM!!!!! PARABÉNS!!!!!

Comentário de dri
Na data: 6 de abril de 2012 as 7:00 pm

ja fui garota perfil na minha cidade e adoraria sair em algumas revista que tal vç poder me ajudar eu me acho uma pessoa bem atraente pode ate ser sex bjs aguardo a sua resposta